sexta-feira, 4 de novembro de 2016

satanás não se chama mais lúcifer: estrela da manhã.




O diabo,  também  chamado  de  satanás,  tinha  o  nome  de  lúcifer  antes  de  ter  se  tornado  satanás, por  isso  é  que  Isaías  afirma  o antigo título  dele: estrela  da manhã que equivale  á  lúcifer.

Pois ele foi  lúcifer ( estrela da manhã, portador de luz, entre outras interpretações do nome), mas ele agora é Satanás  e  diabo o que  equivale a:  caluniador e opositor.

 O   título  de  ESTRELA  DA  MANHÃ   desde  que  Jesus  veio  á  Terra  pertence  á   Jesus:
Ele se declara a Estrela da  manhã  em  Apocalipse:

Apocalipse 22: 16 

Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos entregar este testemunho em relação às igrejas. Eu Sou a Raiz e o prometido Descendente de Davi, e a brilhante Estrela da Manhã. Advertências e bênção final.

Jesus  também  promete  a  ESTRELA DA MANHÃ,  aqueles  que  forem  fiéis  á   Ele:

26 E ao que vencer, e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações,

27 E com vara de ferro as regerá; e serão quebradas como vasos de oleiro; como também recebi de meu Pai.

28 E dar-lhe-ei a estrela da manhã.

29 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.
Apocalipse 2:26-29


Claro  que  Jesus aqui  estava  prometendo  uma  posição  mais  alta  aqueles  que  guardarem  a  fé  até     o fim, mas  reparem:

Ele  não  diz que  eles  se tornarão estrela da manhã, mas sim que a receberão o que é óbvio equivale a uma posição superior que a que teem na terra.

Portanto Jesus entre outros títulos que já tinha ganhou o Direito a esse também.
Agora esse Papa dizendo que a Estrela da manhã é o Pai de Jesus, o Deus Todo-Poderoso, só pode estar maluco!


 Portanto, abri os olhos:  Yavé  nunca  foi  a  ESTRELA DA MANHA!

Esse era  o  título  de  satanás  antes  dele  se  tornar  satanás.
Agora  pertence  a  Jesus Cristo, Nosso  Salvador!



 Portanto, abri os olhos:Yavé nunca foi a ESTRELA DA MANHA!
esse era o título de satanás antes dele se tornar satanás.
Agora pertence a Jesus Cristo, Nosso Salvador!

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Ainda há povos adoradores de deuses, inclusive no Ocidente! E outros que negam que Jesus é Filho de Yavé.

Quanto aos Ocidentais   não  teem  desculpas, pois  receberam o Conhecimento do Deus Verdadeiro desde a infância.   No  que toca   aos Orientais, Paulo   também  lembrou-lhes que Observando a Criação Já se tem  uma Certeza que tem que  haver um Criador: 


Pois desde a Criação do Mundo os Atributos Invisíveis de Deus, seu eterno Poder é Sua Natureza divina, Tem  sido vistos claramente, sendo compreendidos criadas por  meio das coisas, de forma que tais Homens são indesculpáveis; porque, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus,  nem  lhe  renderam Graças, mas  os  seus  Pensamentos tornaram-se fúteis e os  seus  corações insensatos se obscureceram.Romanos 1: 20-21


Os tristes Resultados de idolatria:

22 Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos

23 e trocaram a glória do Deus imortal por imagens feitas segundo a semelhança do homem mortal, bem como de pássaros, quadrúpedes e répteis.

24 Por isso Deus os entregou à impureza sexual, segundo os desejos pecaminosos do seu coração, para a degradação do seu corpo entre si.

25 Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram a coisas e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém.

26 Por causa disso Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza.

27 Da mesma forma, os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros. Começaram a cometer atos indecentes, homens com homens, e receberam em si mesmos o castigo merecido pela sua perversão.

28 Além do mais, visto que desprezaram o conhecimento de Deus, ele os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem o que não deviam.

29 Tornaram-se cheios de toda sorte de injustiça, maldade, ganância e depravação. Estão cheios de inveja, homicídio, rivalidades, engano e malícia. São bisbilhoteiros,

30 caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, arrogantes e presunçosos; inventam maneiras de praticar o mal; desobedecem a seus pais;

31 são insensatos, desleais, sem amor pela família, implacáveis.

32 Embora conheçam o justo decreto de Deus, de que as pessoas que praticam tais coisas merecem a morte, não somente continuam a praticá-las, mas também aprovam aqueles que as praticam.


Romanos 1.



Lendo Isaías Capítulos 36 e 37, vemos  que os  outros «deuses» nada fizeram Povos Pelos  seus  adoradores  porque  não  eram  deuses. Depois  lemos   Sobre o Anjo do Senhor que em uma Só Noite matou 185.000 assírios. Poderia Falar em Vários Exemplos semelhantes na Bíblia, mas creio esse  é suficiente.

Quanto  a  Jesus  ser  Filho  de  Yavé,  o  Deus  Hebreu  e  do  Mundo  Inteiro é  só  ver  as  afirmações  do  próprio  Jesus  Cristo:


Quando  Jesus  afirma:


João 8:44Almeida Revista e Corrigida 2009

44 Vós tendes por pai ao diabo e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele foi homicida desde o princípio e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira.

Jesus  chamou  assim os judeus  porque não cumpriam a Vontade  de  Yavé .  Eram mentirosos quando afirmavam  servir  Yavé.
 Estes Judeus são descendência de Abraão somente no sangue, mas não pela fé, blasfemaram contra Jesus.

Estes judeus têm como pai o diabo porque praticam as obras do diabo, fazem a vontade dele e não a Vontade de Yavé.

Se  O Deus e Pai dos judeus era o Diabo pelo o que Jesus falou, teríamos que admitir também que Jesus é Filho do Diabo

João 8:54: Jesus respondeu: “Se eu glorificar a mim mesmo, a minha glória não é nada. É meu Pai quem me glorifica, aquele que dizeis ser vosso Deus."

Neste texto Jesus diz ao judeus que o Deus deles é o seu Pai. E qual o nome do Deus deles? Yavé.



Jesus reconhece como Deus somente o Deus do A. TESTAMENTO o qual apareceu á Abraão, Isaac e Jacó:

Quanto à ressurreição dos mortos, vocês não leram no livro de Moisés, no relato da sarça, como Deus lhe disse: ‘Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó’?
Ele não é Deus de mortos, mas de vivos. Vocês estão muito enganados! "
Um dos mestres da lei aproximou-se e os ouviu discutindo. Notando que Jesus lhes dera uma boa resposta, perguntou-lhe: "De todos os mandamentos, qual é o mais importante? "
Respondeu Jesus: "O mais importante é este: ‘Ouve, ó Israel, o Senhor, o nosso Deus, o Senhor é o único Senhor.
Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças’.
Marcos 12:26-30


E, acerca dos mortos que houverem de ressuscitar, não tendes lido no livro de Moisés como Deus lhe falou na sarça, dizendo: Eu sou o Deus de Abraão, e o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó?
Ora, Deus não é de mortos, mas sim, é Deus de vivos. Por isso vós errais muito.
Aproximou-se dele um dos escribas que os tinha ouvido disputar, e sabendo que lhes tinha respondido bem, perguntou-lhe: Qual é o primeiro de todos os mandamentos?
E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.
Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.
Marcos 12:26-30
E, acerca dos mortos que houverem de ressuscitar, não tendes lido no livro de Moisés como Deus lhe falou na sarça, dizendo: Eu sou o Deus de Abraão, e o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó?
Ora, Deus não é de mortos, mas sim, é Deus de vivos. Por isso vós errais muito.
Aproximou-se dele um dos escribas que os tinha ouvido disputar, e sabendo que lhes tinha respondido bem, perguntou-lhe: Qual é o primeiro de todos os mandamentos?
E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.
Marcos 12:26-29
26A respeito da ressurreição dos mortos, ainda não tendes lido no livro de Moisés, no texto referente à sarça, como Deus lhe declarou: ‘Eu Sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó?’. 27Ora, Ele não é Deus de mortos, e sim o Deus dos vivos!’. Estais absolutamente enganados!”. O principal dos mandamentos
28Um dos mestres da lei achegou-se e os ouviu argumentando. Ao constatar como Jesus lhes houvera respondido esplendidamente, perguntou-lhe: “De todos os mandamentos, qual é o mais importante?” 29Esclareceu Jesus: “O mais importante de todos os mandamentos é este: ‘Ouve, ó Israel, o Senhor, o nosso Deus é o único Senhor. 30Amarás, portanto, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força’.

Marcos 12.  

Portanto  Jesus  identificou  assim  mais  uma  vez  o  Único  Deus,  o  Deus  dos  Hebreus  e  que  sempre  foi  Deus  do  Mundo  inteiro  pois  Ele  tudo  criou.
 Porém  havia  feito um  pacto com  Abraão  em como  o  Messias  viria  da  sua  linhagem,  por  isso  Deus tolerou os  judeus  e sua constante desobediencia, até que eles encheram a taça da IRA DIVINA. 

Vejam  a  PARÁBOLA  DOS  VINHATEIROS  HOMICIDAS.
MATEUS 21.

  • Proprietário da vinha: Deus
  • Vinha: é o povo de Deus, o povo eleito, Israel
  • Sevos enviados pelo proprietário: são os profetas, enviados por Deus para transmitir sua mensagem
  • O filho: é Jesus, morto na cruz
  • Vinhateiros infiéis: os  judeus, mas que não seguiram sua  mensagem
  • Outra gente: pessoas fiéis  de  todos  os  povos.


Jesus se refere a Adão e Eva como os primeiros “homem e mulher” genuínos, tornando sua união física a base do casamento (Mateus 19:4).

  Lucas 11:50-51. Seguem as palavras de Jesus:

“A fim de que desta geração se demande o sangue de todos os profetas derramado desde a fundação do mundo, desde o sangue de Abel até ao sangue de Zacarias, que foi assassinado entre o altar e o templo. Com certeza digo-lhes que será requerido desta geração!”

A   visão  de  Jesus  acerca  da  Criação, a  saber, que  “desde a fundação do mundo”  se  refere à  Criação de Gênesis 1 e não somente a uma parte dela.

E, acerca dos mortos que houverem de ressuscitar, não tendes lido no livro de Moisés como Deus lhe falou na sarça, dizendo: Eu sou o Deus de Abraão, e o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó?
Ora, Deus não é de mortos, mas sim, é Deus de vivos. Por isso vós errais muito.
Aproximou-se dele um dos escribas que os tinha ouvido disputar, e sabendo que lhes tinha respondido bem, perguntou-lhe: Qual é o primeiro de todos os mandamentos?
E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.
Marcos 12:26-29


E, acerca dos mortos que houverem de ressuscitar, não tendes lido no livro de Moisés como Deus lhe falou na sarça, dizendo: Eu sou o Deus de Abraão, e o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó?
Ora, Deus não é de mortos, mas sim, é Deus de vivos. Por isso vós errais muito.
Aproximou-se dele um dos escribas que os tinha ouvido disputar, e sabendo que lhes tinha respondido bem, perguntou-lhe: Qual é o primeiro de todos os mandamentos?
E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.
Marcos 12:26-29






sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Vídeos que comprovam os relatos da Bíblia, com base na arqueologia.

Vídeo que comprova a autenticidade da urna de  Tiago.








Comprovado  que  o  Exército  Egipcío  foi  tragado  pelo  Mar  Vermelho.







Provas  do  Jesus  Cristo  Histórico:





PROVAS HISTÓRICAS DA EXISTENCIA DE NOSSO SALVADOR JESUS CRISTO.

LIVROS  QUE  RECOMENDO  DA  ÍMPAR  ARQUEOLOGIA  BÍBLICA:





DEIXO  UMAS  MENSAGENS  SOBRE  A  BÍBLIA  QUE  ESPERO  TOQUE  MUITOS  CORAÇÕES  ENDURECIDOS:















ESTA  ÚLTIMA  FALA  QUE  NUNCA  NOS  CANSAREMOS  EM  SENTIDO  ESPIRITUAL.



VÍDEO QUE COMPROVA QUE A BÍBLIA É VERDADEIRA, COM BASE NA CIENCIA.

OS  MAIORES CIENTISTAS  DO  MUNDO  CREEM  NA  BÍBLIA:


domingo, 21 de julho de 2013

A Ciência comprova a Veracidade da Bíblia.





Os Manuscritos do Mar Morto são considerados uma fonte de admiração e grande revelação para os cristãos. Um estudioso argumenta em seu novo livro que o telescópio Hubble apenas “confirma uma antiga profecia sobre o universo”, descrita em um dos manuscritos.
O telescópio Hubble, um dos mais poderosos já construídos pelo homem, observa e fotografa o universo usando lentes com raios ultravioleta e infravermelho. O Hubble foi lançado pela NASA para orbitar em volta da Terra em 1990, e ainda permanece em funcionamento. Muitas vezes captura belas imagens de estrelas, constelações e galáxias distantes. Trata-se de uma das maravilhas da tecnologia moderna.

Os Pergaminhos do Mar Morto, por outro lado, foram encontrados entre 1947 e 1956, em cavernas às margens do Mar Morto. São mais de 800 pergaminhos escritos, na maior parte, em peles de animais. Eles foram escritos em hebraico, aramaico e grego, e são divididos em duas categorias: bíblica e não-bíblica. Muitos desses rolos contêm profecias atribuídas a Ezequiel, Jeremias e Daniel que não se encontram na Bíblia.

Segundo o livro de J. Paul Hutchins, Hubble Reveals Creation by an Awe-Inspiring Power [O Hubble revela a criação feita por um poder maravilhoso], que será lançado em breve. O autor acredita que textos como os de Isaias “convidam as pessoas a explorar divinamente sobre as estrelas”.
Hutchins faz uma análise da história das descobertas feitas pelo telescópio Hubble nas últimas duas décadas, que segundo os cientistas, têm revelado como o universo se formou. Ele afirma ainda que estas descobertas estão diretamente relacionados às profecias de Isaías, datadas de 732 a.C, sobre a fonte de energia inimaginável por trás do universo.

A passagem em questão, Isaías 40:25-26, diz: “A quem, pois, me fareis semelhante, para que eu lhe seja igual? Diz o Santo. Levantai ao alto os vossos olhos, e vede quem criou estas coisas; foi aquele que faz sair o exército delas segundo o seu número; ele as chama a todas pelos seus nomes; por causa da grandeza das suas forças, e porquanto é forte em poder, nenhuma delas faltará”.
Hutchins afirma que quando Isaías escreveu sobre o poder por trás do universo, ele não tinha um telescópio espacial poderoso, mas sua descrição coincide com as descobertas feitas pelo Hubble nos últimos anos, como por exemplo a galáxia do Sombrero, que no seu centro exibe uma energia inimaginável. O brilho é feito de oitocentos bilhões de estrelas, grandes como o Sol.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Motivos para confiar na Bíblia.



















A  Bíblia  é  um  Livro  de  Ciência.








No  passado  a  igreja  católica  distorceu  e  interpretou  mal  à  Bíblia,  levando  outros  à
 pensarem
que  a  Bíblia  contradiz  a  ciência.
Só  que  a  verdade  é  que  os  escritores  da  Bíblia  foram  os  primeiros  a  revelarem  fatos
científicos  desconhecidos.

Jò,  revelou  que  a  Terra  estava  suspensa  sobre  o  nada  : ( Jó: 26: 7).

Isaías, revelou  que  a  Terra  era  redonda:  ( Is. 40: 22).

A  Lei  mosaica  contem  leis  sobre  quarentena  de  doentes,  manipulação  de  cadáveres,
eliminação  de  excrementos,  medidas  de  higiene  para  evitar  epidemias:
( Lev.11: 27-33)
( Lev. 13: 1-5,  Lev.13: 46,  13:52),  ( Núm.19:11-13),  ( Deut.23: 13-14).

Essas  leis  preciosas  estavam  séculos  á  frente  do  seu  tempo.
Antes  da  medicina  aprender  à  respeito  da  transmissão  de  doenças,  a  Bíblia
prescreveu  medidas  preventivas.

A  falsa  ciência  é  que  não  se  encontra  na  Bíblia,  como  a  irracional  teoria  da  evolução,
o  Big-Ban,  a  negação  da  existência  de  Deus,  entre  outros  disparates  da  falsa  ciência.


A  Bíblia  foi  escrita  por  homens  sinceros:

Eles  não  eram  homens  santos,  porque:
Todos  pecaram  e  estão  destituídos  da  Glória  de  Deus:  ( Ro. 3:23).
Porém  Deus  os  justificou  porque  se  arrependeram:  ( Sal.32: 1-6).
E  eles  admitiram  os  seus  erros  publicamente:

Moisés  escreveu  sobre  o  erro  que  cometeu  e  que  lhe  custou  caro:
( Nú..20: 7-11).

Jonas  escreveu  sobre  sua  atitude  errada  quando  endureceu  o  coração  porque  Deus
perdoou  os  ninivitas  arrependidos:
( Jonas. 4: 1-11).

Davi,  foi  oque  errou  mais  gravemente,  mas  também  não  omitiu  o  seu  erro:
( II Sam.12)  e  confessou  o  seu  arrependimento:  ( Salmo 51).

Paulo  também  admitiu  que  travava  uma  luta  sem  tréguas  contra  um
determinado  pecado  : ( Ro.7: 15-25).

Ao  passo  que  a  maioria  dos  antigos  escritores  relatavam  só  os  seus  êxitos,
encobrindo  sempre  que  possivel  os  seus  erros,  os  escritores  da  Bíblia
confessavam  seus  erros  abertamente.
Sendo  isso  uma  prova  de  que  eram  escritores  sinceros.

Deus  é  o  Autor  da  Bíblia.  Ele  inspirou  esses  escritores  a  assentarem
por  escrito  a  sua  Palavra,  através  do  Espírito  Santo:  ( II Pe.1: 21),  que  é  o
Poder  de  Deus  em  ação.


A  Bíblia  é  um  Livro  de  Sabedoria  Prática:

É  o  Livro  mais  antigo  do  Mundo,  mas  com  orientações  sempre  atuais  para  nós.
Visto  que  temos  as  mesmas  dificuldades  que  eles.
O  Sermão  da  Montanha  dá  orientações  sólidas  no  sentido  de  melhorar  as  relações
humanas,  não  ser  escravo  do  dinheiro,  qual  deve  ser  a  nossa  prioridade  na
oração,  como  resguardar-se  dos  hipócritas ,  como  cortar  com  o  pecado,
como  lidar  com  a  ansiedade  e  o  stress.
Não  acha  que  esses  problemas  continuam  atuais?
E  ainda  ensina  como  encontrar  a  Salvação  por  fazer  a  Vontade  do  Pai.

O  Sermão  da  Montanha  é  apenas  um  pequeno  resumo  de  como  ter
orientações  práticas  para  os  nossos  dias.
Não  acha  que  esses  4  motivos  são  suficientes  para  fortalecer  ou  despertar  a
sua  confiança  na  Bíblia?
Porque  não  examina-la  por  si  mesmo?



http://www.youtube.com/watch?v=5XWyHkjEzE0&feature=share&list=FLXDlAR-cQbTd_75Cn54S53A